Morrer pelo Brasil não vale a pena

xfreixo-marielle.jpg.pagespeed.ic.U0A_iKMZnQ

Marcelo Freixo, para quem não sabe, inspirou aquele personagem do deputado estadual honesto e combativo do filme Tropa de Elite. Desde aquela época, ele atua no enfrentamento às milícias cariocas e denuncia o envolvimento de policiais com o crime.

Ontem, órgãos de segurança revelaram um plano dos milicianos que pretendiam matar Freixo no próximo sábado. O assassinato de Marielle Franco e Anderson, companheiros de partido do deputado federal eleito, ainda não foi devidamente esclarecido.

Comenta-se agora que Marcelo Freixo deixará o Brasil, com a ajuda da Anistia Internacional. Não se tem mais a certeza de que ele receberá a devida proteção se permanecer no país.

Freixo deveria sim ir embora. Não vale a pena ser mártir no Brasil. Aqui, a sanha odienta da extrema-direita faz com que muitos aplaudam a ameaça de morte, simplesmente porque discordam das posições políticas de um adversário. As redes sociais se tornaram depositário das mais duras demonstrações de desumanidade.

Não vale a pena morrer por um país que não valoriza a democracia, o contraditório, a pluralidade de opiniões. O Brasil não vale a vida de ninguém.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s